Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Ausência de menstruação: 9 fatores que podem causar essa condição

Ausência de menstruação: 9 fatores que podem causar essa condição

A ausência de menstruação nem sempre é sinônimo de gravidez. O quadro pode estar associado a alterações hormonais desencadeadas por diversos fatores, entre eles, estresse, distúrbios na tireóide, Síndrome do Ovário Policístico, uso de alguns métodos contraceptivos hormonais, corticóides e antidepressivos e outros.

 

Veja também: Amenorreia: entenda mais sobre a ausência da menstruação e como se cuidar

 

A ausência de menstruação nas mulheres em idade fértil recebe o nome de amenorreia, que pode ser primária ou secundária. A amenorreia primária é quando a menina já completou 16 anos e ainda não apresentou a menarca (primeira menstruação), além de não apresentar sinais da puberdade (crescimento dos seios e pêlos pubianos). 

 

Já a amenorreia secundária consiste na ausência de menstruação por mais de três ciclos menstruais. Nessa situação, o primeiro passo é verificar se a mulher está grávida. Uma vez descartada a gestação, recomenda-se buscar uma avaliação médica para identificar a origem do problema e dar início ao tratamento adequado. 

 

Conversamos com a ginecologista Lívia Migowski para entender quais são os fatores que provocam ausência de menstruação.

 

  1. Transtornos emocionais desequilibram os hormônios e podem causar amenorreia

 

Segundo a doutora Lívia, todos os casos de transtornos emocionais, como estresse, depressão e ansiedade, podem interferir na liberação de hormônios no hipotálamo. “O hipotálamo é quem dá o pontapé inicial no nosso ciclo menstrual, já que é ele que vai estimular a hipófise, que, por fim, estimula os ovários. O hipotálamo está diretamente ligado ao nosso córtex cerebral e recebe todos os estímulos aos quais somos submetidas. Portanto, estresse, tristeza e alterações de sono podem alterar o seu funcionamento”, explica a médica.

 

Para combater o estresse e ansiedade, você pode investir em uma rotina de autocuidados com a mente e o corpo, como a prática da meditação e uma rotina de exercícios físicos de sua preferência. Exercitar o corpo ajuda a liberar endorfina, que é uma substância responsável pela sensação de prazer e bem-estar capaz de reduzir o estresse e aliviar tensões.  

 

Veja também: É verdade que o estresse pode atrasar a menstruação?

 

  1. Exercícios físicos em excesso influenciam no ciclo menstrual e provocam ausência de menstruação  

 

De acordo com a ginecologista, praticar exercícios físicos com muita intensidade também pode atrapalhar a regulação do ciclo menstrual e gerar a ausência de menstruação. “Os exercícios físicos intensos funcionam para o nosso corpo da mesma forma que o estresse e podem interferir na menstruação através do hipotálamo. Chamamos de amenorreia dos atletas”, explica.

 

O quadro é mais comum em maratonistas, nadadoras, ginastas e outras esportistas profissionais. Quando a rotina de atividades físicas chega a influenciar o ciclo menstrual, o ideal é reduzir a intensidade da prática para que o corpo possa voltar a funcionar normalmente.

 

  1. Ganho ou perda excessivos de peso estão entre as causas para a amenorreia

 

A ausência de menstruação também pode estar associada ao ganho ou perda excessivos de peso, geralmente, relacionados a distúrbios alimentares. “A perda exagerada de peso, como encontrado em mulheres com anorexia, leva à ausência de menstruação por interferir diretamente no funcionamento do hipotálamo”, esclarece a ginecologista. 

 

Já a obesidade pode levar à ausência de menstruação pelo aumento da insulina que ocorre nessas mulheres. “O aumento da insulina leva à falta de ovulação e, portanto, a não produção do corpo lúteo naquele ciclo. Sem corpo lúteo, sem menstruação”, esclarece a médica. 

 

O corpo lúteo se forma no mesmo lugar em que o óvulo maduro ficava antes de ser expelido em direção à tuba uterina. Em outras palavras: após a liberação do óvulo (durante a ovulação), a cicatriz, que antes era um folículo, se transforma no corpo lúteo. A estrutura recém-formada passa a secretar progesterona e, graças a este estímulo hormonal, o endométrio se torna mais espesso a fim de receber uma possível gestação. Se a gravidez não acontece, o tecido endometrial é descamado e expelido, junto com o corpo lúteo, em forma de sangue menstrual. Dito isto, fica mais fácil compreender a relação entre corpo lúteo e menstruação.

 

Veja também: O que é fase lútea e quando acontece no ciclo menstrual?

 

  1. Alterações na tireóide, especialmente o hipotireoidismo, têm a amenorreia como sintoma 

 

Distúrbios na tireóide, glândula secretora de hormônios, é mais uma causa comum para a falta de menstruação na mulher. “A tireóide participa do ciclo menstrual uma vez que ela consegue alterar o funcionamento da hipófise (glândula mestre do nosso corpo, que fica no Sistema Nervoso Central). Portanto, tanto no hipertireoidismo como no hipotireoidismo (principalmente), podemos observar a irregularidade menstrual e até mesmo a ausência de menstruação”, aponta a doutora Lívia. 

 

Em casos de suspeitas, não pense duas vezes antes de agendar uma consulta com o(a) seu(a) ginecologista. O(a) médico(a) fará o diagnóstico através de exames específicos, como o exame de sangue, e poderá seguir com o melhor tratamento para o quadro. 

 

Veja também: Problemas na tireoide: veja como essa doença pode afetar a sua menstruação

 

  1. Medicamentos, como corticóides e antidepressivos, desregulam a produção de hormônios e podem gerar a ausência de menstruação 

 

Alguns medicamentos podem alterar os níveis hormonais no organismo feminino, como, por exemplo, aumentar a produção de prolactina (substância responsável pelo estímulo do leite materno). Este efeito pode ser o suficiente para provocar a ausência de menstruação. Entre os medicamentos capazes de elevar os níveis de prolactina no corpo e bloquear o período menstrual, estão: corticóides, antidepressivos, neurolépticos, imunossupressores e alguns antipsicóticos. 

 

Geralmente, essa alteração hormonal ocorre em mulheres que já utilizam tais medicações há muito tempo. Se este for o seu caso, converse com o(a) seu(a) médico(a) a respeito. 

 

Veja também: Antibiótico atrasa a menstruação? Ginecologista esclarece dúvida sobre o medicamento

 

  1. Endometriose, SOP e outras doenças provocam ausência de menstruação

 

Algumas doenças e síndromes têm a ausência de menstruação como sintoma. A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é um exemplo disso. “A SOP está associada à falta de ovulação (anovulação) nas mulheres. Portanto, mulheres que não ovulam, não produzem o corpo lúteo e, então, não apresentam a menstruação naquele mês”, esclarece. A Síndrome dos Ovários Policísticos é um distúrbio hormonal que leva à formação de pequenos cistos nos ovários. 

 

A endometriose, caracterizada pelo crescimento indevido da camada endometrial fora do útero, também pode ter a amenorreia secundária como sintoma. “O problema pode estar no endométrio, que não é capaz de responder ao estrogênio e à progesterona. Isso ocorre por uma inflamação no endométrio ou pela presença de fibroses no interior do útero, causadas por algum trauma”, acrescenta a especialista. 

 

  1. Alguns métodos contraceptivos hormonais inibem a ovulação e, consequentemente, a menstruação 

 

Não é raro ouvir relatos de mulheres que sofrem com a ausência de menstruação tomando anticoncepcional. “A amenorreia da pílula pode ser um efeito esperado sempre que a pausa da pílula for muito curta (2 - 4 dias) ou ausente (no caso do anticoncepcional de uso contínuo)”, diz a médica. 

 

De acordo com a profissional, o sangramento das mulheres que tomam pílula ocorre após a interrupção do método por alguns dias: “Em dois a três dias após o último comprimido da cartela, acontece o sangramento pela diminuição da progesterona. Portanto, se essa pausa for muito curta, o sangramento pode não acontecer”, explica.

 

Outros métodos contraceptivos hormonais, como a injeção anticoncepcional e o DIU hormonal (ou DIU de progesterona), também podem levar a esse comportamento do organismo feminino. 

 

  1. Hímen imperfurado pode ser uma causa para a ausência de menstruação 

 

Meninas que apresentam o hímen imperfurado sofrem com o bloqueio da menstruação ainda na puberdade, dificultando a chegada da menarca (primeira menstruação). Este tipo de hímen caracteriza-se por uma membrana completamente fechada que impede a passagem do fluxo menstrual pelo canal vaginal da mulher. Para evitar esta e outras complicações decorrentes do hímen imperfurado, é preciso recorrer ao ginecologista para uma avaliação e ver se é necessário passar por um pequeno procedimento cirúrgico. 

 

Veja também: Hímen: conheça os diferentes tipos e formatos que existem

 

  1. Quimioterapia pode provocar alterações no ciclo menstrual da mulher

 

O tratamento de todo tipo de câncer pode ocasionar irregularidade na frequência da menstruação. Muitos medicamentos quimioterápicos podem comprometer o funcionamento dos ovários e alteração a produção hormonal do organismo feminino, levando à ausência da menstruação.

 

Quaisquer alterações no período menstrual devem ser informadas ao(a) médico(a) responsável, mas, geralmente, esses sintomas são esperados e podem normalizar após o fim do tratamento. 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:

Dra. Livia Migowski, ginecologista e obstetra da Perinatal

CRM: 52.90682-4

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • Menstruação
    Menstruação
    Anovulação: 7 fatores que podem causar ausência de ovulação no ciclo menstrual
    Anovulação: 7 fatores que podem causar ausência de ovulação no ciclo menstrual
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Ausência de menstruação nem sempre é gravidez: conheça 4 fatores que podem fazer a mulher parar de menstruar
    Ausência de menstruação nem sempre é gravidez: conheça 4 fatores que podem fazer a mulher parar de menstruar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Pouca menstruação: 7 fatores que podem contribuir para que isso aconteça
    Pouca menstruação: 7 fatores que podem contribuir para que isso aconteça
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    O fluxo menstrual é igual todos os meses? Ginecologista comenta os fatores que podem alterar o ciclo
    O fluxo menstrual é igual todos os meses? Ginecologista comenta os fatores que podem alterar o ciclo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Quarentena, ciclos e menstruação: 4 situações que podem acontecer
    Quarentena, ciclos e menstruação: 4 situações que podem acontecer
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    9 dicas de um ginecologista que podem ajudar a acabar com a cólica do período menstrual
    9 dicas de um ginecologista que podem ajudar a acabar com a cólica do período menstrual
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    6 coisas que não podem faltar no seu nécessaire para o verão
    6 coisas que não podem faltar no seu nécessaire para o verão
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Veja os produtos que não podem faltar no seu nécessaire naqueles dias!
    Veja os produtos que não podem faltar no seu nécessaire naqueles dias!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Menstruação
    Menstruação
    Fatores que podem alterar o odor ou a duração da menstruação
    Fatores que podem alterar o odor ou a duração da menstruação
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Dor na vagina: 6 fatores que podem provocar o desconforto e como tratar
    Dor na vagina: 6 fatores que podem provocar o desconforto e como tratar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • A MÚSICA ME MOVE
    Sem tempo de ir à academia? Veja 5 canais no Youtube para dançar e queimar calorias em casa
    Trabalhar, se divertir, dormir direito e ainda se preocupar com a saúde… Ufa! Taí uma ..
  • A MÚSICA ME MOVE
    12 músicas para animar sua viagem de férias na praia com amigos
    Com o verão rolando, nada melhor do que viajar com os amigos e curtir uns dias na praia. ..
  • A MÚSICA ME MOVE
    Conheça Kiana Léde, a menina que está bombando no Youtube com versões acústicas de hits!
    Já ouviu algum cover de Kiana Ledé? Não? Então fica a dica: procura o canal dela no Yo..
  • A MÚSICA ME MOVE
    Ouvir música, dançar, ler: 5 coisas que você pode fazer para esquecer a TPM!
    A gente já falou por aqui que a TPM é supernormal e toda mulher tem, pelo menos, algum s..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Higiene íntima
    Higiene íntima no banho: o jeito certo de lavar a vulva e outras regiões femininas
    A higiene íntima feminina da vulva deve ser feita entre uma a duas vezes por dia. É...
    Higiene íntima no banho: o jeito certo de lavar a vulva e outras regiões femininas
  • SE CUIDA!
    Injeção de 3 meses engorda? Saiba tudo sobre o método contraceptivo
    Existem dois tipos de anticoncepcional injetável: a injeção mensal, composta por uma...
    Injeção de 3 meses engorda? Saiba tudo sobre o método contraceptivo
  • SE CUIDA!
    Tive sangramento durante a relação sexual: o que pode ser?
    O sangramento durante a relação sexual ou o sangramento após relação sexual é considerado...
    Tive sangramento durante a relação sexual: o que pode ser?
  • SE CUIDA!
    10 fatos sobre higiene íntima que não são ensinados às mulheres
    Fazer a higiene íntima feminina correta é essencial para prevenir infecções vaginais e...
    10 fatos sobre higiene íntima que não são ensinados às mulheres
  • VER TODAS >