Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Ardência ao urinar: 5 possíveis causas para o desconforto

Ardência ao urinar: 5 possíveis causas para o desconforto

A ardência ao urinar é um dos principais sintomas de infecção urinária. O quadro ocorre quando há contaminação do trato urinário por bactérias que migram do intestino para a uretra, canal por onde sai a urina. No entanto, a queimação ao urinar também pode estar relacionada a outros problemas, inclusive de origem ginecológica. As causas mais comuns são infecções por fungos e bactérias, doenças sexualmente transmissíveis e alergias ou inflamações na região íntima, condições que podem provocar ardência no canal da urina e outros incômodos como presença de corrimento atípico, odor vaginal, coceira e desconforto durante o sexo.

 

Conheça 5 possíveis causas para a ardência ao urinar e formas de tratamento.

 

 

1. Infecção urinária 

 

A infecção urinária é a causa mais comum relacionada a ardência ao urinar. O problema surge quando ocorre a contaminação da uretra por bactérias, normalmente de origem intestinal devido a proximidade com o ânus. A infecção é classificada em diferentes tipos, dependendo do órgão do trato urinário que atinge. Os quadros mais frequentes são a uretrite e a cistite, quando a contaminação ocorre na uretra e bexiga respectivamente. 

 

Além da queimação, é possível perceber os seguintes sintomas de infecção urinária:
 

  • Sensação de bexiga cheia mesmo depois de urinar;

  • Urina com cheiro forte;

  • Dor abdominal;

  • Aumento da frequência de micções;

  • Dificuldade de segurar a urina;

  • Febre e mal-estar;

  • sangue na urina (somente em quadros graves).

 

O que causa infecção urinária são hábitos como ter relações sexuais sem preservativo e higiene íntima inadequada. 

 

Como tratar infecção urinária 

 

O problema é tratado com uso de antibióticos para infecção urinária. Além disso, também é recomendado a mudança de certos hábitos de higiene íntima, como uso de preservativo durante as relações sexuais e urinar logo em seguida. A prática ajuda a limpar a uretra e eliminar as bactérias do canal. 

 

Quando a infecção é frequente, alguns médicos recomendam suplementação com cápsulas de cranberry. O consumo da fruta ajuda a prevenir futuras infecções, mas não possui poder curativo. 

 

 

2. Infecções vaginais 

 

Infecções vaginais também são responsáveis por uma parcela dos casos de ardência ao urinar. A candidíase, por exemplo, é uma infecção desencadeada pelo crescimento excessivo de fungos na região íntima devido à alterações no pH vaginal. O problema pode ter origem a partir de hábitos de higiene inadequados ou enfraquecimento do sistema imune. 

 

A candidíase manifesta sintomas como:
 

  • Coceira vaginal;

  • Ardência para urinar;

  • Corrimento esbranquiçado;

  • Algumas mulheres também relatam dor durante a relação sexual e vermelhidão da vulva. 

 

Além da candidíase, outra infecção vaginal que pode provocar ardência ao fazer xixi e corrimento é a vaginose bacteriana. Essa infecção é causada por bactérias que alteram o ambiente natural da vagina. Seu principal sintoma é presença de corrimento amarelado com cheiro fétido, seguido de queimação ou desconforto ao urinar e durante a relação sexual. 

 

Como tratar a infecção vaginal candidíase 

 

Infecções vaginais são tratadas com medicação específica, como antibiótico ou antifúngico, dependendo da causa. O tratamento pode ser feito via oral ou local, de acordo com a orientação do médico. Também é importante reforçar nos cuidados íntimos, como manter uma boa higiene, evitar compartilhar peças íntimas, evitar deixar a região íntima úmida e abafada (prefira usar calcinhas de algodão) e usar camisinha durante as relações sexuais. 

 

 

3. Infecções Sexualmente Transmissíveis 

 

O sexo sem proteção oferece inúmeros riscos a saúde da mulher. Além de aumentar as chances de infecção  urinária, a prática também abre caminho para uma série de infecções e doenças, como a clamídia, gonorreia e a tricomoníase. Os três quadros são alguns dos exemplos mais frequentes que podem levar a sintomas como:
 

  • Queimação e dor ao urinar;

  • Corrimento amarelado e com mau cheiro; 

  • Coceira e dor durante o contato íntimo.

 

Como tratar infecções sexualmente transmissíveis
 

O tratamento de ISTs é feito quase sempre com antibióticos  orais como Metronidazol ou Azitromicina. É importante que o(a) parceiro(a) também seja incluído para evitar futuras contaminações. Como prevenção é imprescindível o uso de preservativo em todas as relações sexuais. 

 

 

4. Vulvovaginite 

 

A vulvovaginite é uma inflamação que ocorre na vulva e na vagina ao mesmo tempo. Geralmente, o problema é uma complicação de infecções pré-existentes, como candidíase ou IST.
 

A vulvovaginite pode causar os seguintes sintomas: 

 

  • Ardência ao urinar após a relação sexual; 

  • Coceira e inchaço na região íntima; 

  • Em alguns casos, a vulvovaginite pode causar pequenas lesões na região íntima que ardem quando entram em contato com a acidez da urina. 

 

Como tratar a vulvovaginite
 

Para tratar a vulvovaginite é preciso primeiro curar a infecção ou agente causador da inflamação. Como acompanhamento, os médicos também costumam receitar cremes vaginais ou pomadas para uso externo, além de anti-inflamatórios. 

 

 

5. Alergia a produtos de higiene íntima

 

É preciso ter muito cuidado e atenção com os produtos que entram em contato com a região íntima. Isso porque alguns deles podem conter componentes químicos que provocam alergias ou até desequilíbrios no pH vaginal, fatores que podem causar ardência ao urinar. Um exemplo é o uso de sabonete corporal para higienizar a região genital. Esse tipo de produto contém ingredientes incompatíveis com a pele da área íntima, podendo causar irritação local. O mesmo vale para uso de itens como papel higiênico com fragrância, lenços umedecidos, duchas vaginais e peças íntimas feitas com tecidos sintéticos. 

 

Para manter a região íntima saudável, procure sempre higienizá-la com sabonete íntimo líquido com pH neutro. Evite o uso de produtos com fragrância, inclusive na hora de lavar as calcinhas. Procure usar apenas sabão neutro e água, pois amaciantes e sabão em pó possuem alto potencial alergênico quando em contato com a área íntima.  

 

Sintomas da alergia a produtos de higiene íntima:

 

  • Coceira;

  •  Vermelhidão;

  • Queimação ao urinar

 

Como tratar a alergia a produtos
 

Quando a ardência ao urinar tem origem externa, o primeiro passo é identificar o agente causador. Em seguida, cortar o uso do que provoca o incômodo. Para alergias mais sérias, o ideal é marcar uma consulta com um médico que pode receitar pomadas ou cremes tópicos para tratar o quadro.

 

semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    Adesivo anticoncepcional: 10 dúvidas sobre o método contraceptivo
    O adesivo anticoncepcional ou patch anticoncepcional é um método contraceptivo hormonal...
    Adesivo anticoncepcional: 10 dúvidas sobre o método contraceptivo
  • SE CUIDA!
    Pode usar pomada vaginal menstruada? Veja quais são os principais cuidados durante o tratamento ginecológico
    Embora boa parte das mulheres já saiba para que serve a pomada vaginal, ainda existem...
    Pode usar pomada vaginal menstruada? Veja quais são os principais cuidados durante o tratamento ginecológico
  • Menstruação
    "Como é o sangue da primeira menstruação?" Tire 8 dúvidas sobre a menarca
    A primeira menstruação (nome científico: menarca) marca o fim da puberdade e o início da...
    "Como é o sangue da primeira menstruação?" Tire 8 dúvidas sobre a menarca
  • SE CUIDA!
    Posso fazer transvaginal menstruada? Tire suas dúvidas sobre o exame ginecológico
    A ultrassonografia transvaginal (ou ultrassom transvaginal) é um exame de imagem usado...
    Posso fazer transvaginal menstruada? Tire suas dúvidas sobre o exame ginecológico
  • VER TODAS >