Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Álcool e o ciclo menstrual: 5 coisas que você precisa saber antes de ingerir bebidas alcoólicas

Álcool e o ciclo menstrual: 5 coisas que você precisa saber antes de ingerir bebidas alcoólicas

É verdade que bebidas alcoólicas podem influenciar o ciclo menstrual? Vamos descobrir! O consumo de álcool entre as mulheres tem sido uma prática cada vez mais comum. Por essa e outras razões, o número de pesquisas associadas à interferência da substância na menstruação é bastante considerável. Como mulher, é muito importante entender os efeitos do álcool no organismo feminino. Sendo assim, confira 5 informações essenciais sobre essa combinação poderosa entre a ingestão de bebidas alcoólicas e o ciclo menstrual:

 

1) Influência do álcool no ciclo menstrual: substância pode aumentar o fluxo sanguíneo

 

Sim, o álcool tem a capacidade de afetar o ciclo menstrual. De acordo com especialistas, a substância aumenta o  fluxo da menstruação. A ingestão de bebidas alcoólicas pode provocar uma vasodilatação e o aumento da pressão sanguínea. Todos esses fatores são capazes de alterar o equilíbrio do ciclo menstrual.  

 

É claro que cada mulher possui um organismo diferente. Portanto, essa reação pode variar de corpo para corpo. Mulheres que fazem uso da pílula anticoncepcional, por exemplo, já têm a tendência a ter o endométrio mais fino. Por isso, é bem provável que essas mulheres não sintam tanto a influência da bebida alcoólica (se consumida em pouca quantidade) no fluxo menstrual. Por outro lado, os famosos escapes (pequenos sangramentos) podem acontecer fora de hora. 

 

2) O ciclo menstrual também afeta o efeito do álcool? A recíproca pode ser verdadeira

 

Assim como o álcool pode interferir na menstruação, a menstruação também pode influenciar os efeitos de substâncias alcoólicas. O ciclo menstrual da mulher tem duas etapas. A primeira começa no primeiro dia de menstruação e provoca o aumento da produção de estrogênio. A segunda, por sua vez, inicia com a ovulação e é caracterizada pelo aumento de progesterona. Essas oscilações hormonais causam alguns sintomas típicos do período, como inchaço, sensibilidade nos seios e as temidas variações de humor. 

 

Ok, onde o efeito do álcool entra nessa história? Alguns estudos sugerem que mulheres na fase pré-menstrual e menstrual costumam ingerir mais bebidas alcoólicas do que o normal. Possíveis justificativas para esse comportamento são questões como sentimentos negativos, incluindo depressão e ansiedade, e a maior busca por eventos sociais durante esse período.  

 

3) Nas mulheres, o efeito do álcool é mais intenso do que nos homens 

 

Não é difícil perceber que mulheres e homens têm diferentes níveis de resistência ao álcool. Mas por que isso acontece? Então, o corpo feminino apresenta um volume de água proporcionalmente menor que o masculino. Dessa forma, o álcool, que se mistura facilmente à água, acaba ficando muito mais concentrado. Isso por si só já é o suficiente para que as mulheres sintam os efeitos do álcool com mais intensidade. Mas não para por aí!

 

Além desse fator, indivíduos do sexo feminino também apresentam as enzimas responsáveis pela metabolização do álcool em menor quantidade. Ou seja, demoram mais para eliminá-lo do organismo. É por isso que as mulheres parecem ficar bêbadas mais rápido e por mais tempo, entendeu? Ter essa informação é importante para controlar o uso dessas substâncias e prevenir determinadas doenças, como inflamações hepáticas, doenças cardiovasculares e até mesmo o câncer de mama.  

 

4) O álcool pode intensificar a cólica

 

A cólica menstrual, uma das grandes inimigas das mulheres, também deve ser levada em consideração antes daquela cervejinha gelada. Caso você não saiba, a mulher precisa se manter hidratada durante a menstruação e o álcool é responsável por provocar justamente o efeito contrário a esse.  

 

Calma, nós vamos explicar: o etanol presente nas bebidas alcoólicas diminui a produção de um hormônio antidiurético, fazendo com que o corpo elimine mais água. Além disso, a substância também atrapalha a absorção do elemento. Ou seja, o organismo passa por um processo de desidratação que, infelizmente, pode acentuar a cólica. Moral da história: hidrate-se! 

 

5) Bebidas alcoólicas podem causar infertilidade? Sim, existe essa possibilidade

 

Essa pergunta ainda não possui apenas uma resposta. Até o momento, os especialistas não chegaram a um consenso sobre o assunto. Mas, um estudo recente sugere que pode, sim, existir uma relação entre um baixo/moderado consumo de álcool e os níveis de fertilidade. 

 

A diminuição da produção de estrogênio provocada pela substância poderia ser uma das causas para esse problema. Isso porque essa redução poderia inibir o desenvolvimento folicular e a própria ovulação. Lembrando que, a princípio, essa possibilidade ainda é apenas uma teoria de alguns estudiosos.  

semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    Esqueci de tomar anticoncepcional 2 dias. O que devo fazer?
    “Esqueci de tomar anticoncepcional 2 dias e agora?”. Se você compartilha dessa dúvida,...
    Esqueci de tomar anticoncepcional 2 dias. O que devo fazer?
  • SE CUIDA!
    Lubrificação feminina é essencial na hora do sexo
    A lubrificação feminina é um fluido produzido pela vagina como resposta à excitação...
    Lubrificação feminina é essencial na hora do sexo
  • Quiz
    QUIZ : Você sabe o que é mito e o que é verdade sobre a saúde íntima feminina?
    Saber como cuidar da saúde íntima feminina faz toda a diferença na prevenção de incômodos...
    QUIZ : Você sabe o que é mito e o que é verdade sobre a saúde íntima feminina?
  • SE CUIDA!
    Veja 5 benefícios de rebolar a pelve
    Os benefícios de dançar rebolando vão muito além da diversão! A circundução da pelve (...
    Veja 5 benefícios de rebolar a pelve
  • VER TODAS >