Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Adenomiose: o que é a doença que acomete o endométrio, causa e tratamento

Adenomiose: o que é a doença que acomete o endométrio, causa e tratamento

A adenomiose é uma doença em que o tecido endometrial (glândulas que revestem a camada interna do útero) cresce no miométrio, parte do útero composta por fibras musculares, causando intensos sangramentos, irregularidade menstrual e cólicas fortes. Pela semelhança dos sintomas, ela é considerada uma “prima” da endometriose, que é o crescimento do tecido fora do útero.

 

De acordo com a ginecologista Andreia Gozzi, esta complicação está presente em 20 a 30% das mulheres. “Devido ao diagnóstico confirmatório ser apenas por estudo histopatológico (específico) em mulheres que foram submetidas à histerectomia (retirada do útero), acredita-se que a sua prevalência é subestimada”, diz. Os exames de imagem, como histeroscopia, ultrassonografia e ressonância magnética são os mais utilizados para tentar diagnosticar esta doença por meio da visualização de lesões características.
 

Sintomas da adenomiose: saiba como identificar o quadro

 

Em primeiro lugar, a adenomiose pode causar aumento do fluxo menstrual, acompanhado de cólicas intensas e sangramento irregular. Dor na relação sexual e dor pélvica crônica também são sintomas frequentes, segundo a ginecologista. “Eles se confundem muito com os quadros de miomas uterinos e endometriose, por isso a necessidade de uma investigação detalhada pelo ginecologista”, afirma.

 

Tratamento para adenomiose 

 

De acordo com a Andreia, o tratamento é um desafio e depende muito da faixa etária da paciente, se ela tem desejo de gestação e se este desejo é imediato ou não. “Para as pacientes que querem preservar a fertilidade existe a possibilidade de tratamentos hormonais (anticoncepcionais, DIU hormonal, análogos do GnRH) ou cirurgias conservadoras no caso de adenomiose focal.  Porém o único tratamento definitivo, e empregado para as pacientes sem desejo reprodutivo, é a histerectomia (retirada do útero)”, esclarece.

 

Riscos que a adenomiose pode trazer para a mulher

 

Segundo a médica, a relação da adenomiose e a infertilidade ainda não está muito bem definida. “A maioria das pacientes com este diagnóstico já tiveram filhos, porém, como ela está muito associada à endometriose pode causar a perda da fertilidade neste grupo de pacientes”, explica. Outras patologias que podem se associar à adenomiose são os miomas uterinos, pólipos endometriais e, mais raro, o câncer de endométrio.

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dra. Andréia Gozzi, ginecologista do Instituto Lerner
CRM: 153790

Bottom_OB_celebration

tag_sempre_banner tag_sempre_banner_mob

semprelivre_bottom1_dance_new

  • PRIMEIRA VEZ
    Medo de ir ao ginecologista? Não precisa! Saiba o que esperar de uma primeira consulta
    A primeira ida ao ginecologista gera um certo receio em muitas garotas, mas não há motiv..
  • PRIMEIRA VEZ
    1º dia de aula na faculdade: a blogueira Natalia Salvador contou como encarou o medo e deu dicas de como lidar com essa mudança
    Uma das maiores mudanças do início da nossa vida adulta é a entrada para a universidade..
  • PRIMEIRA VEZ
    5 coisas que ninguém te contou sobre sua primeira menstruação
    A primeira menstruação acontece de forma inesperada, já que, na maioria das vezes a gen..
  • PRIMEIRA VEZ
    Intercâmbio: blogueira Paola Piola conta sobre a 1ª vez que lidou com a independência em outro país
    Fazer intercâmbio é o sonho de muitas adolescentes, principalmente depois dos 18 anos, q..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >