Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

Acne da mulher adulta: por que acontece e como tratar

Acne da mulher adulta: por que acontece e como tratar

Ter acne na vida adulta é diferente da adolescência, principalmente porque se localizam em áreas diferentes da face. Enquanto as adolescentes lidam com espinhas na zona T do rosto, que é mais oleosa, nas mulheres geralmente se localizam no queixo, mandíbula próximo à boca e pescoço. É mais comum que as espinhas apareçam durante o período menstrual, na gravidez ou quando há alteração hormonal no organismo. Porém, elas também podem ter suas causas relacionadas à alterações hormonais, especificamente da testosterona.

 

A oscilação desse hormônio podem estar ligadas à síndrome de ovário policísticos, estresse e hiperplasia adrenal congênita (grupo de doenças que limitam a produção hormonal). Consultar o dermatologista é indicado. Quer entender mais sobre o quadro, por que acontece e como tratar? Confira as informações a seguir:

 

O que é acne? 

 

Primeiramente, precisamos entender o que é acne. É uma condição da pele em que os folículos ficam obstruídos, seja por um excesso de oleosidade, por estresse ou alimentação e por dormir com maquiagem. O surgimento de acne no rosto é um dos primeiros indícios da puberdade na adolescência e acontece pelo aumento da produção hormonal. A testosterona é o principal hormônio responsável por isso, tanto nas meninas quanto nos meninos. Os níveis dele que passam a ficar mais altos que o comum aceleram a atividade das glândulas sebáceas, aumentando a oleosidade da pele e propiciando a acne. Na vida, adulta, no entanto, as acnes são um pouco diferentes.

 

Acne na mulher adulta é mais comum no período menstrual

 

A acne na vida adulta costuma aparecer em mulheres acima dos 25 anos que podem ter tido, ou não, acne durante a adolescência. Nesse caso, as espinhas costumam se localizar na região inferior do rosto: a região da mandíbula e o pescoço. Essas acnes costumam ficar mais inflamadas do que aquelas da adolescência, são mais dolorosas e podem provocar manchas. É durante o período menstrual, sobretudo, que elas ficam mais intensas. Neste momento do ciclo, a progesterona e o estrogênio, os hormônios principais da mulher caem, e assim a testosterona continua estável, se sobrepondo aos outros. Com os níveis maiores, o quadro acneico se agrava.

 

Acne adulta e aumento da testosterona: possíveis diagnósticos

 

Embora acne na mulher adulta possa aparecer durante o período menstrual, ela geralmente está ligada à distúrbios na produção de testosterona, que fazem os níveis hormonais subirem. Normalmente, o que pode influenciar a quantidade desse hormônio são alterações no funcionamento dos ovários (produtores de hormônios). Essas mudanças, por sua vez, podem ser causadas por dois quadros. A síndrome do ovários policísticos é a causa mais comum. Sem uma origem definida, o problema se refere a um conjunto de efeitos provocados por um distúrbio hormonal. Entre eles, podemos citar o aparecimento de pequenos cistos nos ovários, alterações menstruais, acne e aumentos dos pelos em diversas áreas do corpo. 

 

Outro problema que pode causar ocasionar distúrbios nos níveis da testosterona é a hiperplasia adrenal congênita. Esse nome longo descreve uma limitação na produção de hormônios das glândulas adrenais, o que provoca deficiências específicas. A doença está presente desde o início da vida do paciente e um primeiro sintoma é a aparência incomum dos genitais. Meninas e meninos passam a ter muitos pêlos faciais, crescimento rápido e ainda baixa estatura. É possível ter a hiperplasia adrenal congênita e ter uma vida normal com um bom acompanhamento médico.

 

Acne adulta também pode ser causada por estresse

 

A acne adulta também pode ser uma consequência de alto nível de estresse e ansiedade, o que faz a produção de cortisol (hormônio do estresse) subir. A elevação deste hormônio faz a pele produzir mais sebo e oleosidade, provocando a surgimento da acne. Para quem costuma dormir pouco e não aproveitar o famoso sono da beleza, fique de olho! Esse é um dos hábitos ruins que  aumentam o cortisol. Dormir de maquiagem é outro costume que toda mulher deve deixar de lado. Não há problema em usar base, corretivo e pó durante o dia, mas é preciso retirá-los antes de deitar para permitir que a pele respire durante a madrugada. Produtos de maquiagem podem obstruir os poros e assim estimular o aparecimento de acnes. 

 

Como lidar com a acne na vida adulta: tratamentos e cuidados básicos 

 

Para descobrir o melhor caminho para tratar a acne adulta, o diagnóstico correto é mais que importante. O primeiro passo é buscar ajuda de um dermatologista e relatar os sintomas percebidos. A partir disto, o profissional pode pedir exames para investigar se há relação com seus níveis hormonais. Em caso positivo, o tratamento deve envolver medicamentos com hormônios, como as pílulas anticoncepcionais, para trazer o equilíbrio necessário. A rotina de cuidados com a pele deve ser complementar ao anticoncepcional. O tratamento para hiperplasia adrenal congênita também envolve medicamentos de reposição hormonal que permite à paciente uma vida normal. 

 

Quando o problema estiver relacionado com noites mal dormidas, estresse e falta de cuidados com a pele, o dermatologista pode indicar produtos específicos de limpeza para o rosto que contenham as substâncias indicadas ao seu tipo de pele. Normalmente, retinóides, como ácido retinóico, retinol ou vitamina A são os mais recomendados. Vale lembrar que a rotina de beleza é fundamental para tornar os tratamentos eficazes. Então, lembre-se de limpar, esfoliar, lavar, tonificar e hidratar a pele diariamente. 

 

Controle as acnes com a sua alimentação

 

Sabia que a alimentação também influencia a acne na mulher em fase adulta? A recomendação dos profissionais é evitar alimentos com alto índice glicêmico, o que tende a agravar o quadro. Deve-se priorizar frutas vermelhas e verduras, já que esses alimentos são antioxidantes e podem ajudar no tratamento contra as terríveis espinhas. 

 

semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você sabe qual a diferença do período fértil e ovulação? Teste seus conhecimentos
    A ovulação e o período fértil são duas fases do ciclo menstrual em que a mulher tem mais...
    Você sabe qual a diferença do período fértil e ovulação?  Teste seus conhecimentos
  • Menstruação
    Menstruação preta: veja por que a menstruação escurece
    Na maioria das vezes, a menstruação preta é normal e não representa problemas de saúde....
    Menstruação preta: veja por que a menstruação escurece
  • Menstruação
    Quantos dias depois de acabar o anticoncepcional desce a menstruação? tire 4 dúvidas sobre anticoncepcional hormonal
    Muitas mulheres ficam em dúvida sobre quantos dias depois de acabar o anticoncepcional...
    Quantos dias depois de acabar o anticoncepcional desce a menstruação? tire 4 dúvidas sobre anticoncepcional hormonal
  • SE CUIDA!
    Primeira consulta com ginecologista: pode ser online?
    A primeira consulta com o ginecologista é um momento muito importante para esclarecer...
    Primeira consulta com ginecologista: pode ser online?
  • VER TODAS >