Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

8 livros para conhecer a realidade de vida das mulheres em outras culturas

8 livros para conhecer a realidade de vida das mulheres em outras culturas

A noção de empoderamento feminino e sororidade tem absolutamente tudo a ver com o apoio e empatia a outras mulheres! Para que esse comportamento se torne cada vez mais natural, é muito importante entender os diferentes desafios e opressões que as mulheres são obrigadas a encarar diariamente por todo o mundo. A cada dia que passa, novos livros, filmes, reportagens e projetos em geral são criados e lançados no mercado por artistas femininas. É imprescindível fazer a nossa parte como mulher e consumir essas obras assinadas pelas nossas colegas, amigas e desconhecidas. Foi pensando nisso que o Só Delas separou uma seleção especial de 8 livros (de autoria feminina, é claro) que vão te ajudar a conhecer como é a vida das mulheres em outras culturas. Confira:

 

1) "A Guerra Não Tem Rosto de Mulher” (1985) 

 

Escrito por Svetlana Aleksiévitch, o livro reconstrói com detalhes a atuação das mulheres soviéticas que lutaram no Exército Vermelho durante a Segunda Guerra Mundial. O número de convocadas, voluntárias e até mesmo participantes clandestinas se aproxima de um milhão e, mesmo assim, não foi o suficiente para que essa presença feminina tenha sido devidamente reconhecida no passado.  

 

A autora de “A Guerra Não Tem Rosto de Mulher”, que recebeu um prêmio Nobel de literatura em 2015, traz à tona memórias doloridas das mulheres que se arriscaram em defesa do patriotismo. A história retrata o retorno dessas soldadas à vida comum (se é que existe uma vida comum após a guerra), sem nenhum tipo de gratidão ou condecoração por parte da sociedade. A bagagem de sofrimento e coragem trazida por essas mulheres provocava diversas dificuldades, tanto profissional quanto pessoalmente. A leitura vale muito a pena e tem tudo para te fazer refletir com os relatos! 

 

2) “Fique Comigo” (2017) 

 

O livro é o romance de estreia da escritora nigeriana Ayòbámi Adébáyò e é considerado um grande sucesso de crítica! A história é ambientada na Nigéria e mesclada em dois momentos: 1985 e 2008. Na parte da trama que se passa na década de 1980, a turbulência política do país pode ser percebida como pano de fundo.  

 

O enredo gira em torno de Yejide e Akin, um casal nigeriano que opta por ignorar a cultura poligâmica do local e decide que são o suficiente um para o outro. Quando engravidar se torna uma dificuldade para Yejide, a pressão do marido, da família e da sociedade se torna desesperadora. O livro te tira da zona de conforto e faz questionar diversos pensamentos, como o papel da mulher do mundo e até que ponto a maternidade é necessária.  

 

3) “O Palhaço e Sua Filha” (1935) 


“O Palhaço e a Sua Filha” é uma obra da escritora Halide Adip Adivar e pode ser considerada uma das maiores representantes da literatura produzida na Turquia. O livro conta a história de uma garotinha chamada Rabia Abla, que é criada por sua mãe e seu avô materno, um homem conservador e extremamente machista. Para conseguir algum tipo de aceitação, a menina decora totalmente o Corão (livro sagrado do Islã) e chama atenção por sua graciosidade.  

 

As coisas começam a mudar um pouco de figura para a criança quando seu pai, uma espécie de comediante que tenta encontrar graça em quase tudo, retorna do exílio e passa a fazer algumas aparições na vida da filha. A trama retrata o conflito entre as sociedades orientais e ocidentais, fazendo com que a protagonista questione até que ponto é islâmica. 

 

Apenas o cenário em que a história é contada, cheia de contrastes e opressões, já é o suficiente para que o leitor repense alguns conceitos, como nacionalismo, religião e igualdade de gêneros. Se você quer uma mensagem de perseverança e muita reflexão, este livro é mais do que indicado! 

 

4) “Bruxa Akata” (2018) 

 

Não tem como falar de “Bruxa Akata” sem associar o livro ao grande sucesso de público e crítica “Harry Potter”. A história é escrita pela autora Nnedi Okorafor e está repleta de magia, mistério e mitologia africana! A obra é carregada de simbolismos, elementos culturais e particularidades da Nigéria.  

 

A protagonista da trama é a jovem Sunny Nwazue, uma garota de 12 anos, albina, filha de nigerianos e nascida nos Estados Unidos. Apenas essas características já são o suficiente para fazer a menina passar por maus bocados na nova escola! Porém, tudo muda quando a adolescente descobre que tem poderes especiais.  

 

O enredo é bastante divertido e cativante, sim. Mas “Bruxa Akata” é muito mais que isso! O livro mostra as dificuldades pela qual uma mulher nigeriana precisa passar todos os dias. Além disso, a autora ainda faz questão de retratar crianças reais no contexto africano. No momento, Nnedi Okoeafor está escrevendo para a Marvel e criando histórias para os quadrinhos da Pantera Negra.  

 

5) A Casa dos Espíritos (1982) 

 

O livro escrito por Isabel Allende consegue combinar uma emocionante e surpreendente saga familiar com um período bastante turbulento na história do Chile. “A Casa dos Espíritos” foi lançado pela primeira vez em 1982 e é considerado um dos grandes clássicos da literatura latino-americana.  

 

Na história, podemos acompanhar a trajetória de três gerações da família Trueba, cujos laços são tão fortes quanto as questões políticas que os envolvem. O protagonismo fica por conta de três personagens femininas (Clara, Blanca e Alba) e do patriarca Esteban, um homem conservador que despreza os pobres e as mulheres. O mergulho na história da casa chilena retrata a violenta ditadura de Pinochet e passagens que contextualizam a economia, a política e as diferenças sociais da época.  

 

6) “O Diário de Anne Frank” (1947) 

 

É bem provável que você já tenha ouvido falar de “O Diário de Anne Frank”. O livro está disponível em mais de 65 línguas e já ganhou algumas adaptações para as telonas do cinema. A história é um relato da adolescente judia durante o período da Segunda Guerra Mundial. Anne descreve todo o horror e tensão que sofreu junto com sua família durante a perseguição dos nazistas aos judeus.  

 

Além de destacar o contexto histórico da época, a jovem também dá ênfase a outras questões, como sentimentos e pequenas alegrias do cotidiano, o despertar do amor, a importância de sua fé e um grande amadurecimento como pessoa.  

 

7) “A Distância Entre Nós” (2005) 

 

O livro escrito por Thrity Umrigar nos aproxima da realidade de um lugar muito distante: a Índia. “A Distância Entre Nós” descreve a relação entre a empregada doméstica Bhima, que mora em uma favela na maior cidade do país, e sua patroa Sera. Na trama, é possível observar a desconstrução da mulher indiana moderna e perceber como as forças políticas, religiosas e econômicas do local influenciam diretamente na vida das mulheres.

  

A obra ganhou uma continuação chamada “O Segredo Entre Nós”, que foi lançada em 2018 e segue contando a trajetória de Bhima diante das condições miseráveis das mulheres pobres na Índia. A autora consegue como ninguém abordar temas como raça, classe, gênero, sexualidade e cultura sem cair no clichê.  

 

8) “Persépolis” (2000) 

 

“Persépolis” é uma autobiografia que conta a história de Marjane Satrapi, uma menina que nasceu e foi criada em uma família politizada do Teerão e, após a Revolução Iraniana, se vê obrigada a viver em uma república islâmica extremamente religiosa e conservadora. A ideia de contar sua história em forma de quadrinhos é uma escolha muito feliz! Dessa forma, a autora reúne drama e bom humor para falar de assuntos bastante complicados.  

 

O uso do véu, a repressão do pensamento contrário ao regime, a submissão das mulheres e diversas outras características do país famosas pelo mundo inteiro são retratadas no livro de forma leve e doce, visando transmitir uma mensagem universal de liberdade e tolerância.

 

SL_Arroba_turbante_Semprejunta

Symantic Display

  • VOCÊ SABIA?
    VOCÊ SABIA?
    4 filmes e séries para mulheres conhecerem mais sobre si mesmas e conquistarem sua independência
    4 filmes e séries para mulheres conhecerem mais sobre si mesmas e conquistarem sua independência
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PODEROSAS
    PODEROSAS
    Mulheres poderosas: 8 ícones atuais do feminismo para admirar e aprender todo dia
    Mulheres poderosas: 8 ícones atuais do feminismo para admirar e aprender todo dia
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PODEROSAS
    PODEROSAS
    Girl power! Listamos 9 filmes para assistir com mulheres empoderadas como protagonistas
    Girl power! Listamos 9 filmes para assistir com mulheres empoderadas como protagonistas
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PODEROSAS
    PODEROSAS
    Convidamos a youtuber Carol Moreira e mais três apaixonadas por livros para mostrar como organizam suas estantes de livros. Inspire-se!
    Convidamos a youtuber Carol Moreira e mais três apaixonadas por livros para mostrar como organizam suas estantes de livros. Inspire-se!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Nem toda menstruação atrasada quer dizer que você está grávida. Entenda outras razões para a irregularidade!
    Nem toda menstruação atrasada quer dizer que você está grávida. Entenda outras razões para a irregularidade!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    5 penteados das semanas de moda internacionais para tentar na vida real
    5 penteados das semanas de moda internacionais para tentar na vida real
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • VOCÊ SABIA?
    VOCÊ SABIA?
    Procurando novas leituras? Temos 5 sugestões de sagas de livros para se apaixonar
    Procurando novas leituras? Temos 5 sugestões de sagas de livros para se apaixonar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • VOCÊ SABIA?
    VOCÊ SABIA?
    5 livros com receitas clássicas e elaboradas para aprender a cozinhar
    5 livros com receitas clássicas e elaboradas para aprender a cozinhar
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • VOCÊ SABIA?
    VOCÊ SABIA?
    6 dicas de livros para meninas que têm alma viajante
    6 dicas de livros para meninas que têm alma viajante
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Mulheres menstruadas podem doar sangue?
    Mulheres menstruadas podem doar sangue?
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • SE CUIDA!
    7 dicas para manter o pH vaginal saudável
    O ph da vagina é a medida de acidez da região íntima feminina e o responsável por...
    7 dicas para manter o pH vaginal saudável
  • Menstruação
    4 formas de acabar com a vergonha de menstruar
    Menstruação ainda é um grande tabu para muitas meninas. Desde muito cedo nos fazem...
    4 formas de acabar com a vergonha de menstruar
  • Menstruação
    Absorvente interno: quais são as informações da embalagem de OB que você deve ficar atenta
    Comprar o tamanho do ob errado, confundir as linhas ou embalagens: quem nunca? Como as...
    Absorvente interno: quais são as informações da embalagem de OB que você deve ficar atenta
  • Menstruação
    Como usar OB pela primeira vez? Confira algumas dicas para iniciantes
    Quer saber como usar OB pela primeira vez? Preparamos um guia completo com tudo o que...
    Como usar OB pela primeira vez? Confira algumas dicas para iniciantes
  • VER TODAS >