Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

7 lições que aprendemos sobre sexo com a série "Sex Education"

7 lições que aprendemos sobre sexo com a série "Sex Education"

Você que assistiu a primeira temporada inteirinha de “Sex Education” em apenas um dia, já pode comemorar porque a segunda temporada da série está sendo produzida pela Netflix! “Sex Education” é conhecidíssima por abordar assuntos mais delicados de forma leve e bem humorada, principalmente questões sobre sexo. A série conta a história de Otis e Maeve que, juntos, criam uma “clínica clandestina” para adolescentes tirarem suas dúvidas sobre sexo e falarem sobre os seus próprios problemas com o assunto. Enquanto a segunda temporada ainda está no forno, matamos a saudade lembrando de 7 lições sobre sexo que aprendemos com a série da Netflix.

 

Ah, para quem ainda não assistiu a série, recomendamos uma super maratona, porque essa matéria tem spoilers!!

 

1) Homens também podem ter dificuldades com o sexo

 

É muito comum imaginar que as mulheres tenham dificuldade de se abrir para o sexo, isso inclusive é um enorme tabu. Mas “Sex Education” tem uma versão diferente desse mito. Enquanto Jean e Maeve sabem exatamente o que querem de seus relacionamentos e da sua vida sexual, Otis e Adam enfrentam verdadeiros problemões.

 

Toda a série mostra a dificuldade de Otis, o personagem principal, para se sentir confortável com o sexo e também com a masturbação. Já Adam sente uma pressão imensa por conta de boatos espalhados na escola, dificultando que ele possa atingir o orgamos durante as relações. E tudo isso acontece logo nos primeiros episódios, mostrando desde o início como os homens também podem ter dificuldades nesse sentido e não há nada de errado com isso. Afinal, homens e mulheres podem enfrentar diversas questões até se sentirem confortáveis com o sexo.

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por @connor_swindells em

 

 

2) Autoconhecimento é essencial para descobrir o que se gosta no sexo

 

“O que você gosta no sexo?”, pergunta o namorado de Aimee e, sem resposta, ela trava. Na série, Aimee é uma menina popular que sempre teve algum namorado por perto, então a pergunta surte um efeito inesperado nela, que logo corre para pedir a ajuda de Otis. Ele, então, sugere que ela descubra por meio do autoconhecimento pessoal o que ela curte no âmbito sexual. E, assim, depois de experimentar a masturbação, Aimee muda totalmente seu comportamento durante as relações sexuais, aproveitando muito mais a experiência e curtindo o sexo bem mais.

 

3) Revenge porn não tem justificativa

 

Em um episódio da série, todos os alunos da escola recebem um nude de uma menina, sem que apareça seu rosto. Mas Ruby sabe que a foto pertence a ela e, assim, ela vai procurando todos os meninos que poderiam ter compartilhado a foto. Mas foi sua melhor amiga, Olivia, quem expôs a privacidade de Ruby por vingança. Por mais que Ruby tenha errado com sua amiga em qualquer momento, a série mostra que o revenge porn - quando a privacidade de alguém é exposta publicamente por uma vingança - não tem justificativa.

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Sex Education (@sexeducation) em

 

 

4) Vaginismo não se controla

 

Dor durante o sexo é normalmente associado a estresse ou desconforto por parte das meninas. Mas “Sex Education” mostra que não é bem assim que funciona. A personagem que mais quer ter a sua primeira vez e conhecer as relações sexuais, Lily, se depara com uma dor intensa ao tentar transar pela primeira vez com o seu parceiro. Acontece que Lily tinha vaginismo, uma disfunção que contrai os músculos da vagina sempre que há penetração, causando dor intensa para a mulher. E o quadro não é algo que se controla, o vaginismo acontece involuntariamente. O problema tem cura e deve ser analisado por um ginecologista, bem como, por um psicólogo ou sexólogo.

 

5) Toda ajuda é bem-vinda

 

Não importa o tamanho do seu problema e até mesmo se você tem um problema de fato, qualquer ajuda é sempre bem-vinda, principalmente quando falamos de sexo. Durante a adolescência, tudo pode parecer muito novo, gerando muitas dúvidas. Mas você não está sozinha: praticamente todos do seu colégio também estão nessa fase de descobrimento. Por isso, não tenha vergonha de pedir ajuda aos seus pais, seus amigos e também a um profissional. Uma das maiores lições de “Sex Education” é para você sempre manter as pessoas que gosta por perto, porque elas podem te fazer um bem danado. <3

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Ncuti Gatwa (@ncutigatwa) em

 

 

6) A vida sexual depende da emocional

 

Na maioria dos casos, não são motivos físicos que fazem com que as pessoas tenham problema no sexo. O nosso emocional está muito ligado a como nos portamos nesse momento. Todas as nossas emoções e sensações também influenciam. E é exatamente isso que a maioria dos clientes de Otis e Maeve relata. É inclusive esse o problema do próprio Otis: sua dificuldade com a masturbação se dava por conta de um trauma infantil. Para que tudo esteja harmônico e corra bem, o ideal é sempre trabalhar o nosso emocional, se necessário, procurando ajuda de um profissional também. Afinal, tudo está conectado.

 

7) Todos têm inseguranças, e tudo bem com isso

 

Pela agenda de consultas de Otis e Maeve sempre cheia, a série mostra que todos inicialmente têm inseguranças em relação ao sexo, e isso é normal. Enquanto uma menina tira dúvidas sobre sexo oral, um casal de meninas lésbicas conta os seus problemas pessoais com o sexo e por aí vai. No fim das contas, todos se sente inseguros porque o assunto é completamente novo. E não há com o que se envergonhar, a série, os especialistas na área, seus pais e seus amigos estão aqui para te ajudar com todas as novidades.

 

Bottom_OB_celebration

tag_sempre_banner tag_sempre_banner_mob

semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você sabe qual a diferença do período fértil e ovulação? Teste seus conhecimentos
    A ovulação e o período fértil são duas fases do ciclo menstrual em que a mulher tem mais...
    Você sabe qual a diferença do período fértil e ovulação?  Teste seus conhecimentos
  • Menstruação
    Menstruação preta: veja por que a menstruação escurece
    Na maioria das vezes, a menstruação preta é normal e não representa problemas de saúde....
    Menstruação preta: veja por que a menstruação escurece
  • Menstruação
    Quantos dias depois de acabar o anticoncepcional desce a menstruação? tire 4 dúvidas sobre anticoncepcional hormonal
    Muitas mulheres ficam em dúvida sobre quantos dias depois de acabar o anticoncepcional...
    Quantos dias depois de acabar o anticoncepcional desce a menstruação? tire 4 dúvidas sobre anticoncepcional hormonal
  • SE CUIDA!
    Primeira consulta com ginecologista: pode ser online?
    A primeira consulta com o ginecologista é um momento muito importante para esclarecer...
    Primeira consulta com ginecologista: pode ser online?
  • VER TODAS >