Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

7 dicas para parar os escapes menstruais

7 dicas para parar os escapes menstruais

Você já deve saber o que é sangramento de escape, mas não custa reforçar: o escape menstrual é um pequeno sangramento que acontece fora da menstruação. O episódio nem sempre significa problemas de saúde. Mas, quando acontece com muita frequência pode indicar desequilíbrios na produção hormonal. De todo modo, lidar com o escape de sangue não é nada legal, mesmo quando podemos recorrer ao protetor diário CAREFREE® Proteção, que retém pequenos fluxos e ajuda a preservar a sua calcinha limpa.

 

Veja também: Escape menstrual: causas, quantos dias pode durar e o que fazer

 

Ter um escape de menstruação atrás do outro pode ser bastante incômodo e, por isso, o Só Delas reuniu 7 soluções que o(a) seu(a) ginecologista pode recomendar para parar ou diminuir o sangramento de escape. Lembrando que, de todo modo, a avaliação médica individualizada é sempre fundamental, ok? 

 

Sangramento de escape: como parar? 

 

1) Conheça o seu ciclo menstrual

 

O primeiro passo é conseguir identificar o escape menstrual. Por não conhecerem o próprio ciclo menstrual, muitas meninas têm o sangramento de escape sem nem saber do que se trata. Isso pode atrasar o diagnóstico e causar preocupações desnecessárias. Afinal, se você não conhece as datas do seu ciclo reprodutivo e/ou não entende o que é escape, vai acabar confundindo o escape com a menstruação propriamente dita e ficando um pouco confusa. 

 

Dito isso, fica a dica: passe a anotar o dia de chegada e término da sua menstruação. Dessa forma, ao notar qualquer sangramento fora do período menstrual, você saberá que representa um escape menstrual e poderá informar o ocorrido com mais clareza na consulta com ginecologista. 

 

2) Escolha o anticoncepcional mais adequado

 

Essa vai para as meninas que tomam ou desejam tomar anticoncepcional. A pílula tende a atrofiar o endométrio (tecido que reveste as paredes intrauterinas e, todos os meses, se descama em forma de menstruação) e, como consequência, aumentar a frequência de escapes ao longo do mês. 

 

Nesses casos, trocar a pílula anticoncepcional ou até mesmo substituir o contraceptivo oral por outro método (como o DIU, por exemplo) pode ser o suficiente para parar o sangramento de escape. Converse com seu(a) médico(a) a respeito.  

 

3) Diminua o estresse 

 

A gente sabe que nem sempre é fácil, mas, faça o possível para evitar o estresse e a ansiedade. Problemas emocionais têm influência no eixo hormonal da mulher e podem causar desequilíbrios nos níveis hormonais, dando origem não somente aos escapes como a outras alterações na menstruação (incluindo atraso menstrual, menstruação prolongada e até mesmo ausência de menstruação). 

 

Sendo assim, procure alternativas para acalmar a mente. A prática de exercícios físicos e de técnicas como o yoga e meditação pode ajudar. 

 

4) Tente parar de fumar

 

O tabagismo também pode interferir na produção hormonal natural do organismo feminino e, consequentemente, no ciclo menstrual da mulher. Um dos possíveis efeitos é a maior incidência de escapes menstruais. Por isso, se você é fumante e está sofrendo com os sangramentos de escape, talvez seja a hora de parar de fumar. Acredite: o seu corpo inteiro vai agradecer!

 

5) Perder excesso de peso

 

O ganho de peso excessivo pode aumentar os níveis do hormônio estrogênio e desregular o ciclo menstrual da mulher, dando origem aos escapes menstruais. Dependendo do caso, perder peso pode ajudar. Mas lembre-se: não inicie nenhuma dieta sem falar com o(a) ginecologista e/ou nutricionista. 

 

6) Tome o anticoncepcional com regularidade

 

A pílula anticoncepcional interrompe a produção hormonal de hormônios pelos ovários e passa a controlar artificialmente os níveis hormonais da mulher. Por isso, quaisquer erros na administração do método contraceptivo oral, como atrasos e esquecimentos, podem causar desequilíbrios hormonais e gerar sangramentos de escape. 

 

Faça o possível para tomar o anticoncepcional sempre no mesmo horário. Alguns aplicativos de celular têm a função de lembrete e podem ser de grande ajuda.

 

7) Não use remédios sem a prescrição médica

 

Certos medicamentos podem desregular a produção hormonal e ter como efeito colateral o surgimento de escapes, assim como outras alterações na menstruação. É o caso de alguns antibióticos que, inclusive, podem diminuir a eficácia da pílula anticoncepcional. Na dúvida, já sabe: basta não se automedicar. Sempre consulte um(a) médico(a) e, é claro, tire todas suas dúvidas antes de começar qualquer tratamento.

semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >