Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

6 sintomas que podem ser Síndrome do Ovário Policístico_

6 sintomas que podem ser Síndrome do Ovário Policístico_

A Síndrome do Ovário Policístico é um distúrbio hormonal que atinge muitas mulheres em idade reprodutiva. A condição provoca uma série de alterações no organismo como irregularidade na menstruação, aumento de pelos no corpo e da oleosidade de pele. As causas da SOP não são totalmente esclarecidas, mas algumas pessoas são mais propensas a desenvolver a disfunção devido à herança genética, alimentação inadequada, sobrepeso e resistência à insulina. Embora o distúrbio não tenha cura, o tratamento e o acompanhamento médico regular podem aliviar os sintomas e regular os níveis hormonais, evitando possíveis complicações. Por isso, é importante ficar atenta aos sinais que o corpo manifesta, pois esse é o primeiro passo para conseguir o diagnóstico.

 

Conheça os principais sintomas da Síndrome do Ovário Policístico e como identificar o desequilíbrio. 

 

 

Sintomas da SOP são são decorrentes do aumento de hormônios andrógenos

 

A Síndrome do Ovário Policístico é uma condição que leva ao aumento na produção dos hormônios andrógenos, produzidos tanto pelo organismo feminino como masculino. No caso da SOP, um dos hormônios responsáveis pela disfunção é a testosterona, que favorece a formação de diversos cistos nos ovários e, como efeito, prejudica o processo ovulatório. Por esse motivo, pessoas com a síndrome tendem a não ovular em determinados meses, o que desencadeia alterações como irregularidade menstrual ou até amenorréia, ou seja, ausência de menstruação. 

 

Atrasos menstruais são o principal sintoma da Síndrome do Ovário Policístico. Por outro lado, ciclos irregulares podem acontecer por outras causas. Sendo assim, é preciso ficar atenta a outros sinais decorrentes do aumento dos androgênios, entre eles o aumento da oleosidade da pele. Esse aumento é causado pela testosterona, que estimula a atividade das glândulas sebáceas, responsáveis pela produção de óleo na pele. Isso explica porque a acne é outro sintoma muito frequente em pessoas com SOP. 

 

Outros efeitos característicos da síndrome no organismo são:  

 

  • Queda de cabelo;

  • Dificuldade para engravidar; 

  • Fácil ganho de peso; 

  • Surgimento de pelos faciais; 

  • Alto colesterol; 

  • Resistência à insulina; 

 

As causas dos ovários policísticos não são amplamente conhecidas, mas pesquisas relacionam a disfunção hormonal com desequilíbrios metabólicos e histórico familiar.  Mesmo que em geral esse distúrbio tenha características bem marcantes, existem mulheres com a síndrome que não manifestam nenhum sintoma, o que torna o diagnóstico mais difícil.


 

Como é feito o diagnóstico da Síndrome do Ovário Policístico

 

A observação dos sintomas facilita o diagnóstico da Síndrome do Ovário Policístico. Normalmente, ao relatar as alterações, o ginecologista consegue ter uma primeira noção sobre as causas do problema e indicar exames complementares. A ultrassonografia transvaginal ou pélvica ajudam no diagnóstico com a visualização da imagem, já que a SOP costuma causar o aumento dos ovários devido ao crescimento dos cistos. Também são feitos outros testes para analisar a produção hormonal da paciente, como exame de sangue.  

 

Uma vez diagnosticada a síndrome, é válido investir em um tratamento adequado para controlar os sintomas e reduzir as chances de complicações. A SOP não apresenta risco de morte, mas pode causar problemas de fertilidade, dificuldade para engravidar, pressão alta, diabetes e aumento do peso. 

 

 

Tratamento da Síndrome do Ovário Policístico envolve medicamentos e mudança de hábitos

 

A SOP não tem cura, mas seu tratamento é focado em controlar os sintomas e regular as taxas hormonais. Geralmente, a produção de andrógenos é organizada com o uso de pílulas anticoncepcionais, principalmente as combinadas compostas por progesterona e estrogênio. Além da medicação oral, os médicos indicam reforçar os cuidados com a alimentação, como evitar o consumo excessivo de açúcar, carboidratos e alimentos industrializados. 

 

Outro ponto importante é que a A SOP pode elevar os riscos de doenças cardiovasculares, como hipertensão e diabetes. Por isso, a prática de atividades físicas e o controle do peso podem fazer parte do tratamento da síndrome. 

 

 

PRODUTOS
Relacionado

CAREFREE® TodoDia
CAREFREE® TodoDia

semprelivre_bottom1_dance_new

  • Menstruação
    Posso ir à praia ou piscina menstruada? Saiba como curtir o verão sem neuras!
    Foi para um lugar de praia e ficou menstruada no meio da viagem? Não tem problema! Com a ..
  • Menstruação
    Veja 6 situações do dia a dia que quem sente muita cólica vai se identificar
    “Oi, sumida?!”. Todo mês as cólicas surgem de surpresa, como a mensagem daquele cari..
  • Menstruação
    Qual a diferença entre cobertura suave e seca? Saiba como escolher a ideal para você!
    Quem já se perguntou alguma vez por que existem taaaantas opções de absorventes diferen..
  • Menstruação
    Frescura? Sério? Pensamentos que passam pela sua cabeça quando alguém reclama da sua TPM
    Apesar da tensão pré-menstrual ser um momento só seu, todo mundo adora dar pitacos, né..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >