Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

5 coisas que toda mulher precisa saber sobre pílula do dia seguinte

5 coisas que toda mulher precisa saber sobre pílula do dia seguinte

Muitas já ouviram falar, mas entender como a pílula do dia seguinte funciona é fundamental para garantir que o método de emergência seja utilizado corretamente e tenha o resultado esperado. Algumas mulheres sabem para que serve pílula do dia seguinte, mas não têm ideia do que o medicamento pode causar no corpo e no ciclo menstrual da mulher. Pensando nisso, o Só Delas reuniu 5 fatos esclarecedores sobre a PDS que vale a pena conhecer. Confira!

 

Veja também: Para que serve a pílula do dia seguinte?

 

  1. A pílula do dia seguinte é um método contraceptivo de emergência

 

A dosagem hormonal da pílula do dia seguinte é muito alta e, por isso, não deve ser utilizada de forma contínua. A mulher só deve recorrer ao método em situações de emergência, como quando a camisinha estourou ou houve erro na administração da pílula anticoncepcional. Ainda nesses casos, é válido informar o ocorrido ao(a) ginecologista antes de tomar a pílula do dia seguinte. 

 

Se você não deseja engravidar, o ideal é encontrar um método contraceptivo que atenda às suas necessidades e ao seu estilo de vida. O DIU e a injeção anticoncepcional costumam ser boas alternativas para mulheres que têm dificuldade em administrar a pílula anticoncepcional diariamente. Converse sobre as opções existentes com o seu(a) médico(a). 

  1. Existem efeitos colaterais da pílula do dia seguinte

 

Você já deve ter ouvido falar que a pílula do dia seguinte atrasa a menstruação ou até mesmo que a pílula do dia seguinte adianta a menstruação. De fato, é uma possibilidade! Se tratando da pílula do dia seguinte, efeitos colaterais como irregularidade menstrual, sangramentos de escape, diarreia, dores de cabeça, náuseas e vômitos podem acontecer. Também por isso, o método contraceptivo de emergência não deve ser utilizado com frequência. 

 

Veja também: Efeitos colaterais comuns da pílula do dia seguinte

  1. Quanto antes a pílula do dia seguinte for utilizada, maior será a sua eficácia

 

É importante saber quando tomar a pílula do dia seguinte. Apesar do nome do medicamento, não deve-se esperar até o dia seguinte à relação sexual desprotegida para ingerir o medicamento. O ideal é utilizar a PDS o quanto antes. Quanto maior for o intervalo, maiores serão os riscos de falha do método contraceptivo. Lembrando que o máximo de tempo que você pode esperar são 72 horas após a relação sexual. 

  1. A pílula do dia seguinte não é um método abortivo

 

O mecanismo de prevenção da pílula do dia seguinte varia de acordo com o momento do ciclo menstrual em que o medicamento é utilizado. Quando é ingerida antes da ovulação, a PDS adia ou evita a liberação do óvulo maduro em direção à tuba uterina. Por outro lado, quando é utilizada após o período ovulatório, a pílula do dia seguinte causa alterações químicas no sistema reprodutor feminino que dificultam o encontro do espermatozóide com o óvulo liberado. De todo modo, uma coisa é certa: a pílula do dia seguinte não é abortiva, ou seja, não interrompe uma gravidez que já está em curso. 

 

  1. A pílula do dia seguinte não protege contra Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s)   

 

A pílula do dia seguinte deve ser usada apenas em situações de emergência para prevenir uma gravidez indesejada. Ela não protege a mulher contra IST’s e, portanto, não substitui o uso da camisinha masculina ou feminina durante as relações sexuais. 

PRODUTOS
Relacionado

CAREFREE® TodoDia
CAREFREE® TodoDia

semprelivre_bottom1_dance_new

  • PRIMEIRA VEZ
    Medo de ir ao ginecologista? Não precisa! Saiba o que esperar de uma primeira consulta
    A primeira ida ao ginecologista gera um certo receio em muitas garotas, mas não há motiv..
  • PRIMEIRA VEZ
    1º dia de aula na faculdade: a blogueira Natalia Salvador contou como encarou o medo e deu dicas de como lidar com essa mudança
    Uma das maiores mudanças do início da nossa vida adulta é a entrada para a universidade..
  • PRIMEIRA VEZ
    5 coisas que ninguém te contou sobre sua primeira menstruação
    A primeira menstruação acontece de forma inesperada, já que, na maioria das vezes a gen..
  • PRIMEIRA VEZ
    Intercâmbio: blogueira Paola Piola conta sobre a 1ª vez que lidou com a independência em outro país
    Fazer intercâmbio é o sonho de muitas adolescentes, principalmente depois dos 18 anos, q..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Quiz
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
    As ISTs são um grupo de infecções que têm como principal via de transmissão o sexo. Elas...
    Você conhece as principais ISTs? Faça o teste e descubra!
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • Menstruação
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
    A cólica é um sintoma que normalmente é associado à chegada da menstruação. No entanto,...
    Sinto cólicas mas minha menstruação não desce. É normal?
  • VER TODAS >