Skip to main content

Header Social Network

SIGA NOSSAS REDES!
Home

Header Right Logoes

INSPIRADO POR:

5 causas que explicam a coceira vaginal + dicas de como evitar!

5 causas que explicam a coceira vaginal + dicas de como evitar!

A coceira na vulva ou vagina pode ter causas alérgicas, decorrente de agentes infecciosos (vírus, bactérias, protozoários) ou pode ser um simples arranhão ou queimadura. No entanto, não é normal ter coceiras vaginais e, por isso, é necessário uma avaliação junto ao seu ginecologista. Conheça cinco causas que explicam o prurido nessa região e dicas de como evitar este problema.

 

Candidíase vaginal

 

De acordo com a ginecologista Paula Bortolai, a causa mais comum da coceira vaginal é a candidíase, uma infecção causada por um fungo que se prolifera em ambientes úmidos e em situações de baixa imunidade e alteração do pH vaginal.  O tratamento medicamentoso da candidíase pode ser feito via oral ou com pomadas vaginais. “O tratamento é eficaz, mas se não ocorrer mudança nos hábitos, a candidíase pode ser recorrente”, alerta a médica.

 

Como evitar: A profissional recomenda manter a vagina o mais arejada possível no dia a dia. “Usar lingerie de algodão, evitar calça jeans apertada, dormir sem calcinha, secar bem a região após o banho e evitar duchas vaginas internas, pois tiram a lubrificação vaginal protetora”, diz.

 

Alergia a sabonetes e outros produtos

 

Outra causa de coceira vulvovaginal bem comum são alergias ou reações a sabonetes íntimos, tecidos da roupa íntima, resíduo de sabão em roupas, amaciantes perfumados, lubrificantes e preservativos. Neste caso, a recomendação é tirar estes produtos aos poucos da sua rotina e tentar identificar qual é o agente causador da reação alérgica.

 

Como evitar: Dê preferência por produtos com pH neutro, sem perfumes, enxágue bem as roupas após a lavagem e use peças íntimas de algodão.

 

Doenças que baixam a imunidade

 

O prurido vaginal também pode ser reflexo de doenças sistêmicas como diabetes e outras que deixam a imunidade baixa, favorecendo a proliferação de fungos.

Como evitar: Reforçar a imunidade com suplementos de Zinco, entre outras estratégias que devem ser decididas junto ao seu médico.

 

DSTs

 

Algumas DSTs também apresentam a coceira vaginal como sintoma, mesmo que secundário. Assim como também provocam corrimentos, normalmente amarelo e/ou esverdeado, presenças de úlceras, vesículas, gânglios na região inguinal, sintomas urinários entre outros podem ser sugestivos de DSTs. O tratamento é individualizado para cada tipo de doença e o parceiro obrigatoriamente precisa ser tratado em conjunto.


 

Como evitar: Não abra mão do preservativo em suas relações sexuais e faça exames regularmente.

 

Período menstrual

 

Segundo o ginecologista Alessandro Scapinelli, no período menstrual também pode ocorrer coceira na região íntima. A melhor forma de solucionar este incômodo é encontrar um absorvente com cobertura suave, que normalmente não causa reações à peles sensíveis.

 

Como evitar: testar as coberturas seca e suave e verificar qual se adapta melhor à sua pele.

 

Dr. Alessandro Scapinelli - Ginecologista, membro da SOGESP (Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo) e FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) - CRM:112810-SP

Arroba_OB

Symantic Display

  • SEGREDINHOS DE...
    SEGREDINHOS DE...
    Não quer fazer festa de 15 anos? Veja dicas de como aproveitar esse momento especial
    Não quer fazer festa de 15 anos? Veja dicas de como aproveitar esse momento especial
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    5 causas que explicam a ardência ao urinar. Veja qual tratamento buscar!
    5 causas que explicam a ardência ao urinar. Veja qual tratamento buscar!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Coceira nos seios: causas que explicam o incômodo
    Coceira nos seios: causas que explicam o incômodo
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Causas de coceira vaginal que você precisa ficar atenta
    Causas de coceira vaginal que você precisa ficar atenta
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    5 dicas de como manter a saúde íntima para quem passa o dia fora de casa
    5 dicas de como manter a saúde íntima para quem passa o dia fora de casa
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • PODEROSAS
    PODEROSAS
    O que te faz se sentir poderosa? Dicas de como levantar a autoestima e acreditar no seu potencial
    O que te faz se sentir poderosa? Dicas de como levantar a autoestima e acreditar no seu potencial
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    5 mitos e verdades sobre corrimento vaginal que desvendamos para você. Confira!
    5 mitos e verdades sobre corrimento vaginal que desvendamos para você. Confira!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    Secura vaginal: veja as causas e consequências desse quadro
    Secura vaginal: veja as causas e consequências desse quadro
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • VOCÊ SABIA?
    VOCÊ SABIA?
    4 atitudes que nos levam a fazer dívidas. Saiba como se livrar com dicas simples!
    4 atitudes que nos levam a fazer dívidas. Saiba como se livrar com dicas simples!
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • SE CUIDA!
    SE CUIDA!
    5 dicas de como cuidar bem da sua vagina e evitar doenças
    5 dicas de como cuidar bem da sua vagina e evitar doenças
    icon term
    icon pink
    icon green
    icon blue
  • Bottom_OB_celebration

    tag_sempre_banner tag_sempre_banner_mob

    semprelivre_bottom1_dance_new

  • SE CUIDA!
    Lavar a calcinha no box é ruim? Confira dicas para cuidar de suas roupas íntimas!
    Você costuma lavar a calcinha no box e nem sabe se isso faz mal? Então é bom ficar de o..
  • SE CUIDA!
    Conheça 6 hábitos que podem causar corrimento vaginal e você nem sabia
    Você sabe o que causa corrimento vaginal? Alguns costumes da nossa rotina podem ser os pr..
  • SE CUIDA!
    Marcou consulta com o ginecologista? Listamos 6 coisas que você deve saber antes de ir!
    Uma coisa é certa: ir ao ginecologista pelo menos duas vezes ao ano é fundamental para a..
  • SE CUIDA!
    Você sabe qual é a diferença entre CAREFREE® TodoDia Flexi e CAREFREE® Proteção? Descubra e use os produtos da forma certa!
    Atualmente é comum passarmos o dia todo fora, mas do trabalho até a volta para casa muit..
  • VER TODAS >

    ÚLTIMAS Novidades

  • PODEROSAS
    5 razões pelas quais todas as mulheres deveriam ser feministas
    Precisa de razões para ser feminista? Temos bastante por aqui! O movimento nem demorou...
    5 razões pelas quais todas as mulheres deveriam ser feministas
  • SE CUIDA!
    Pílula do dia seguinte e anticoncepcional: qual é a diferença entre os métodos contraceptivos?
    A principal diferença entre a pílula do dia seguinte e a anticoncepcional está na dosagem...
    Pílula do dia seguinte e anticoncepcional: qual é a diferença entre os métodos contraceptivos?
  • VOCÊ SABIA?
    Dicas de livros para meninas que têm alma viajante
    Tem alma viajante e viajar é com você mesmo? Se você respondeu um “sim” bem animado para...
    Dicas de livros para meninas que têm alma viajante
  • SEGREDINHOS DE MULHER
    Você sabe o que é melasma? Entenda as causas, sintomas e tratamentos para as manchas na pele
    Melasma ou cloasma são manchas escuras que podem aparecer no rosto e em outros locais da...
    Você sabe o que é melasma? Entenda as causas, sintomas e tratamentos para as manchas na pele
  • VER TODAS >